REvISTA FENECULTURA

Reflexão sobre o evento Feira de Negócios da Cultura, online em 2020.


Desde 2017 quando assisti uma palestra no centro do Recife, fiquei incomodado com a falta de entendimento daqueles "professores", e quando escutei um deles dizer, em uma sala cheia de pessoas, que o empreendimento do futuro era a robótica, e que os "Makers" deviam se dedicar a isso... Pensei... Ôxi! e Artesão agora mudou de nome? e os saberes e matérias primas disponíveis localmente, a reciclagem, e a tradição que agrega valor ao artesão não vale  nada não? Foi a primeira vez que desconfiei do potencial daqueles profissionais... Eu interrompi e disse mesmo essas palavras, saí da sala só depois de assistir aquilo tudo... Quanta ignorância, pensei... e ainda penso. Eu já era artesão há muito tempo, e trabalhava com pessoas também, mas esse foi o dia que  nasceu o FeneCultura.

Eu não sou nenhum velho antiquado e chato, eu já trabalhava com internet e já admirava as possibilidades de seu uso, mas dai para chamar Artesão de Maker e ignorar o potencial econômico da produção artesanal no Brasil, e em especial no Nordeste... tem uma grande distância. Pra resumir, hoje, a cultura é o setor que mais cresce no mundo... e porque aqui a cultura tem que ser abafada ou substituída pela estrangeira?

Nossa cultura é rica, é admirada por todo o mundo, e é nosso melhor produto para conservar e dar continuidade a milhares de comunidades espalhadas por todo território nacional, preservar, valorirar, defendê-la  e investir nela é nosso melhor negocio, e vamos usar a tecnologia para fortalecer essa ideia mais ainda, não somos bobos, propaganda contra e distorcida são divulgada por concorrentes estrangeiros, que investem nesse pensamento pra quebrar nossa economia. 

Dito isso, e junto com a pandemia... Realizamos nossa 2ª Edição da Feira de Negócios e Educação da Cultura, ONLINE, em 2020, e mesmo que não tenhamos conseguido sobrepujar a situação calamitosa que estamos vivendo, mesmo assim participamos e nos mostramos, nos fortalecemos, aparecemos e marcamos presença. A seguir os resultados:

- O Ganhador do Prêmio do Vídeo Inédito com mais tempo de audiência foi o Sandoval Ferreira, com o vídeo "Causos", no valor de R $300,00 (trezentos reais), confira planilha NESTE LINK.

- Tivemos quase 3.000 visitas na feira online durante os 3 dias de evento, e alcançamos com anúncios no facebook e instagram mais de 177-000 pessoas... então mesmo que não tenhamos vendido nada, mas aparecemos muito... e com investimento zero ou baixíssimo. Para ver o Relatório dos Anúncios dos Expositores Virtuais mas que mais se projetaram, veja NESTE LINK,

 
Back